O que é esta fantástica alegria?
Enche-me o coração, sinto-me extasiado…
não consigo dizer nada, emitir nenhum som
senão breves e suaves gemidos
com os quais faço participar o meu corpo
a este êxtase da alma…
Que paz!
Sinto necessidade de rezar como de respirar;
que momento… gostaria que nunca mais terminasse.
Quero enfrentar assim todos os acontecimentos da minha vida.
Mergulho na minha alma,
sinto os batimentos do meu coração… cada um deles quer ser um hino de louvor a Deus,
mas não tenho fôlego para gritar…
gostaria de poder descrever este momento…
mas não encontro outras palavras.
Os sinais mais adequados parecem-me as reticências…
Apontadas ao infinito…
Que paz!
O que deverá ser o Paraíso?
O que deverá será Deus?
Matteo Farina

No! No, non arrenderti, affidati a Dio